quarta-feira, 5 de setembro de 2012

O Rubi Ragank - Simone Saueressig






O que você faria se pudesse realizar os desejos dos outros? O que fazer para conquistar o coração de uma garota? Essas são umas das perguntas que pode-se fazer a partir da história "O Rubi Ragank", de Simone Saueressig. 
Nesta história, Rodolfo Habichuela, um pirata cozinheiro, toma posse de um rubi com poderes de realização dos desejos. O criador do rubi, foi o grande feiticeiro Ragank. O Rubi tem duas regras para realizar os desejos: ele nunca satisfaz o desejo de seu dono e também precisa que o pedido seja muito bem feito. Assim, entre entre navios piratas e viagens, Rodolfo conhece a bela Ana Maria, que tem o coração enfeitiçado. Só se apaixonaria pelo rapaz que a fizesse chorar. Assim, o nosso personagem acaba abrindo um restaurante na cidade onde Ana Maria mora. Neste lugar ele faz pratos maravilhosos e em todas as quintas-feiras coloca o Rubi no forno e realiza os desejos de quem visita o restaurante. Nem todos ficam satisfeitos com seus pedidos pois às vezes o rubi não os entende muito bem. Em uma certa quinta-feira aparece um rapaz, o Torquato Camerini que acaba pedindo o coração de Ana Maria. Rodolfo, abismado, tenta impedir que o Rubi realize o pedido do rapaz. Depois de uma luta, no final, o rubi é jogado no forno novamente e acaba realizando pedidos do coração de Rodolfo. Assim, a mágica acontece, e o forno de onde saiam apenas pratos deliciosos começa também a presentear a todos com livros.  O segredo do Rubi então é revelado.
Uma grande história cheia de aventuras, magia e surpresas.
Para complementar a história montei uma Trilha sobre o livro, onde os alunos, em equipes só poderiam avançar com a pontuação do dado, após responder uma pergunta sobre o livro.
Ainda, no final de cada período, os alunos receberam um livro com a história, presente da Lei de Incentivo à Cultura, através da Secretaria de Cultura de Novo Hamburgo.
video
Vídeo com a aluna Juliane, do 4º ano (Emef João Baptista Jaeger - NH), comentando sobre a história e o livro recebido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário