domingo, 29 de setembro de 2013

O olhar do menino

O menino segura forte a mão da irmã.
Enquanto caminha, olha para o Sol.
A irmã não parece notar o que o menino vê.
No Sol existe um outro menino. Ele abana sem parar para seu amigo na terra.
O menino que tem seus olhos o tempo todo vidrado para o sol se chama Samuel.
Desde que nasceu ele enxerga com os olhos do coração.
Sempre gostou de deixar o rosto virado para o Sol.
Assim, podia ver o menino que lá vivia.
Naquele dia, indo para a escola, o menino do  Sol estava construindo uma escada.
Era feita de algodão nuvem.
- Olha mana! A escada lá em cima! -gritou Samuel.
A irmã olhou, mas nada viu. Estava com tanta pressa sempre.
A escada chegava cada vez mais perto de Samuel.
Poderia subir a qualquer instante.
O menino do Sol atirava um pó brilhante na escada e chamava Samuel com as mãos.
Samuel soltou a mão da irmã pela primeira vez.
Flutuou até a escada. O menino do Sol chegou até ele e disse:
- Não suba agora. Lá é muito quente. Vamos brincar por aqui.
E brincaram.
Escorregaram com o vento.
Comeram algodão doce e sorvete.
Mas Samuel precisava voltar.
Deslizou com um vento norte, quente e ligeiro.
Agarrou forte a mão da irmã que nem notou a sua ausência.
Continuou a olhar o Sol. O menino do Sol abanava sem parar.
Samuel via o Sol e o menino. E apenas isso.
Por Milene Barazzetti


A árvore generosa na I Conferência Municipal Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente - Novo Hamburgo




Emocionante contar a história "A árvore generosa", de Shel Silverstein, para alunos e professores na abertura da I Conferência Municipal Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente (IV CNIJMA) na FENAC, em Novo Hamburgo, no último sábado.
Contei a história utilizando um painel com uma árvore em E.V.A. que ia se desconstruindo conforme os acontecimentos do conto. 

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Tininha Cereja inicia a Feira Literária da EMEI Marina Garbarino - NH




Foi uma delícia ouvir as gargalhadas soltas dos alunos da EMEI Marina Garbarino ouvindo a história "Tininha Cereja", de Celso Sisto, com ilustrações de Ana Terra. Contei também a história "O que cabe num livro?", do Ilan Brenman e "A tartaruga e a fruta amarela", de Ricardo Azevedo. Foi uma festa de carambolices, cerejas e dinossauros... e livrões... e livrinhos. Magia pura!

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Abertura da Feira Literária da EMEF Hermes da Fonseca - NH


Com muita alegria contei histórias para os alunos da EMEF Hermes da Fonseca, na abertura da sua feira literária, que tem como tema a sustentabilidade. As histórias contadas foram:
- O mistério das três velhas; O que cabe num livro? (Ilan Brenman)
- A gata que entrou em casa (Hugh Tracey)
- A tartaruga e a fruta amarela (Ricardo Azevedo)
- Tininha Cerja (Celso Sisto)
- Maroca e Deolindo (André Neves)

Dica de leitura: Tua mão na minha - Eloí Bocheco

É tão leve e puro esse texto, que me senti navegando na canoa da menina Dúnia... Eloí Bocheco consegue descrever de modo imaginário e cinematográfico o caminho da menina e suas fantasias. A simplicidade de relação com a natureza é intenso. Até quase no final do livro estive passeando com a personagem. No final, meu coração começou a ficar apertado, apertado... parecia que iria perdê-lo... me contive. Sim, a menina sofre na história, mas também consegue transcender a tristeza com uma simples brincadeira, colocando a sua mão na minha. Lindo!
Não posso deixar de comentar as ilustrações. Walther Moreira Santos conseguiu realmente captar a energia da história com suas colagens, pinturas e contrastes. Sempre me encanto com suas ilustrações que são daquelas em que sempre parece ter algo escondido por trás. E tem... é só você saber espiar no lugar certo...


quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Dica de leitura: Ricardo - Walther Moreira Santos



Engraçado, encantador, brincalhão... Posso dizer isso sobre esse texto de Walther Moreira Santos. O menino Ricardo faz tantas coisas, tem tantos sonhos, é observado por tanta gente... Cresce com todos a imaginar o seu futuro. A escrita poética faz a leitura ser quase um canto, uma brincadeira com palavras rimadas.E o livro termina com uma frase em que acredito e muito: "cada um pode ser o que quiser". E não é?

Dica de leitura: A menina que podia voar - Vinícius Linné



Que alegria poder voar... Quem já não se imaginou assim? A menina desta história de Vinícius Linné sabe voar sim, apesar de ter uma porção de gente que lhe diz o contrário. Na escola, a professora é bem cruel com a menina. Dá uma raiva que só vendo da fulana. Mas que bom que a menina tem um coração tão puro que não parece sentir... E no final essa menina vira uma mulher... que sabe chorar. Mas o mais legal da história é que ela é contada por galinhas! Sim, galinhas, achei isso o máximo!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Semana da Árvore no Parque Imperatriz em São Leopoldo - RS








Adorei contar histórias para os alunos da EMEF Maria Edilia, de São Leopoldo, a convite da SEMMAM! Os pequenos ficaram atentos escutando a bela história de Shel Silverstein, "A árvore generosa". E depois, cantaram muitas carambolices escutando a história "A tartaruga e a fruta amarela",  de Ricardo Azevedo.  O evento faz parte da programação da Semana da Árvore!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Muitos contos na Semana do Adolescente da EMEF Jorge E. Koch - NH




Uma manhã super agradável com os adolescentes da EMEF Jorge E. Koch. Contei histórias de Celso Sisto, André Neves e Ilan Brenman.
O mistério das três velhas. de Ilan Brenman

Ferra, ferra, ferradura e As três mulheres, de Celso Sisto

Maroca e Deolindo, de André Neves

O elefante e a tartaruga, de Celso Sisto

sábado, 14 de setembro de 2013

Contação da história "A gata que entrou em casa"



video

Sugestões de livros - Oficina "A magia da Biblioteca Escolar" - Livraria Paulinas - POA

Curso Paulinas Porto Alegre – 13 e 14 de setembro de 2013.
Oficina: A magia da biblioteca escolar – Literatura e suas múltiplas possibilidades
Profª Milene Barazzetti
Lista de livros sugeridos na Oficina:

1.    Textos e pretextos sobre a arte de contar histórias. Celso Sisto. Ed. Aletria.
2.    A arte de encantar : o contador de histórias contemporâneo e seus olhares. Fabiano Moraes e Lenice Gomes (org.). Ed. Cortez.
3.    Bibioteca??? Uma biblioteca pode fazer milagres! Lorenz Pauli. Ed. Brinque-Book
4.    É um livro. Lane Smith. Companhia das Letrinhas.
5.    As melhores brincadeirinhas musicais da Palavra Cantada. Sandra Peres e Paulo Tatit. Ed. Melhoramentos.
6.    Maroca e Deolindo e outros personagens em festa. André Neves. Ed. Paulinas.
7.    O colecionador de pedras. Prisca Agustoni. Ed. Paulinas.
8.     Flor das alturas. Celso Sisto. Ed. Zit.
9.     Obax. André Neves. Ed. Brinque- Book
10.  Os lugares de Maria. Margarida Botelho. Ed. Paulinas.
11.  Zuza e Arquimedes. Eva Furnari. Ed. Paulinas.
12.  Alice viaja nas histórias. Gianni Rodari. Ed. Biruta.                        
13.  O cabelo de Lelê. Valéria Belém. Companhia Editora Nacional.
14.  A felicidade é uma melancia na cabeça. Stella Dreis. Ed. Callis.
15.  Contos de bichos do mato. Ricardo Azevedo. Ed. Ática.
16.  O casamento da princesa. Celso Sisto. Ed. Prumo.
17.  O gato Rupertal. Celso Sisto. Rai Editora.
18.   Tia Libória contando história. Sylvia Orthof. Ed. Paulinas.
19. Tem um monstro no meu jardim. Janaina Tokitaka. Ed. Escrita Fina.
20.  Só tenho olhos pra você. Graça Lima. Ed. Paulinas.
21.  Contos africanos para crianças brasileiras. Rogério Andrade Barbosa. Ed. Paulinas.
22.  Uma história sem pé nem cabeça. Luciano Pontes. Ed. Paulinas.
23.  A família sujo. Gustavo Finkler. Ed. Projeto.
24.  O rei roncador. Martina Schreiner. Ed. 8 Inverso.
25. A primeira palavra de Mara. Ángel Domingo. Ed. Jujuba.
26.  Era um vez... Cacau Vilardo. Ed. Paulinas.
27.  Abrindo caminho. Ana Maria Machado. Ed. Ática.
28.  A menina que bordava bilhetes. Lenice Gomes. Ed. Cortez.
29.  Tininha Cereja. Celso Sisto. Ed. Paulinas.
30.  Raio de sol, raio de lua. Celso Sisto; Ed. Prumo.
31.   Ynari, a menina das cinco tranças. Ondjaki. Ed. Companhia das Letrinhas.
32.  Literatura Infantil – Gostosuras e bobices. Fanny Abramovich. Ed. Abramovich
33. Histórias d’ além mar. Ninfa Parreiras. Paulinas
34.  Rosalva mãos de fada. Celso Sisto. Paulinas.
35.  A Fábrica do Tempo. Sílvia Alves. Livros Horizonte.
36.  A caligrafia de Dona Sofia. André Neves. Paulinas.
37.  Seca. André Neves. Paulinas.
38.  A menina que bordava bilhetes. Lenice Gomes. Ed. Cortez.
39. Fio. Ana Terra. Dulcinéia.
40.  A margarida friorenta. Fernanda Lopes de Almeida. Ed. Ática.
41. Uma escuridão bonita. Ondjaki. Pallas.
42.  A compoteira. Celso Sisto. Ed. Prumo.
43.  De todos os cantos do mundo. Heloisa Prieto e Magda Pucci. Companhia das Letrinhas.
44. Menina bonita do laço de fita. Ana Maria Machado. Ed. Ática
45. Ulomma: A casa da Beleza e outros contos. Sunny. Paulinas.
46. O cabelo de Cora. Ana Zarco Câmara. Pallas.
47. Três contos africanos de adivinhação. Rogério Andrade Barbosa. Paulinas
48. Karingana wa Karingana. Rogério Andrade Barbosa. Paulinas.
49. Outros contos africanos para crianças brasileiras. Rogério Andrade Barbosa. Paulinas
50. Ciça. Neusa Jordem Possatti. Paulinas.
51. A primeira máscara. Maté. Noovha América.
52. Omo-Oba – Histórias de princesas. Kiusam de Oliveira. Maza Edições.
53.  Continhos suspirados com poesia para depois das cinco. Celso Sisto. Paulinas.
54. Raio de Sol, Raio de Lua. Celso Sisto. Ed. Prumo.
55.  Cri – Cri, o grilo gaudério. Jerônimo Jardim. Ed. Tchê
56. Bichos de versos. Pierre André. Ed. Matiz Cultural
57.  O inventor do sorriso. Walther Moreira Santos. Ed. Melhoramentos
58.  Princesa Arabela, mimada que só ela! Mylo Freeman.
59.  Alice no país das maravilhas. Lewis Carrol. Ed. Ática
60.  O Rubi Ragank. Simone Sauressig. Um cultural.
61. A árvore. Bartolomeu Campos de Queirós. Paulinas.
62.  O fusquinha cor-de-rosa. Caio Ritter. Paulinas.
63.  Meus contos africanos. Seleção de Nelson Mandela. Martins Fontes.
64. O reino das borboletas brancas. Marli Assunção Gomes Pereira. Paulinas.
65.  13 lendas brasileiras. Mario Bag. Paulinas.
66.   O caso dos ovos. Tatiana Belinki. Ed. Ática.
67.  O menino e o jacaré. Maté. Brinque-book
68.  Cordel das lendas bovinas. Jorge Fernando dos Santos. Paulinas.
69.  Valentina. Marcio Vassalo. Global Editora.
70.  Para que serve um livro? Chloé Legeay. Pulo do gato.


Outras sugestões:
  1. A árvore generosa. Shel Silverstein. Ed. CosacNaify
  2. Casa de Consertos. Eloí Bocheco. Ed. Melhoramentos.
  3. Histórias de cantigas. Celso Sisto (org.). Ed. Cortez.
  4. ...Que eu vou pra Angola... e outras histórias. Ruth Rocha. Ed. Salamandra.
  5. Contos de fadas sangrentos. Rosana Rios. Ed. Farol Literário
  6.  As histórias mais loucas do mundo. Raquel Grabauska. Ed. Artes e Ofícios
  7.  A sopa supimpa. Estevão Marques. Ed. Melhoramentos.
  8.  Garranchos. Francisco Marques e Eliardo França. Ed. Paulinas.
  9.  Clave de Lua. Leo Cunha e Eliardo França. Ed. Paulinas.
  10.  O pato, a morte e a tulipa. Wolf Erlbruch. CosacNaify
  11. Beleléu. Patrício Dugnani. Ed. Paulinas.
  12.  Eva. Margarida Botelho. Ed. Paulinas.
  13.  E o dente ainda doía. Ana Terra. Ed. DCL
  14. Margarida. André Neves. Ed. Abacatte.
  15. Quando nasce um monstro. Sean Taylor. Ed. Salamandra.
  16.  O homem que amava caixas. Stephen Michael King. Ed. Brinque-Book.
  17. A história mais longa do mundo. Rosane Pamplona. Ed. Brinque-Book.
  18. Amores de artistas. Sonia Rosa. Ed. Paulinas.
  19. Quem quer brincar comigo? Tino Freitas. Ed. Abacatte.
  20.  O botão branco. Martina Schreiner. Ed. Cuore.
  21. Diáfana. Celso Sisto. Ed. Scipione.
  22.  Hora da bóia. Graça Lima. Ed. Paulinas.
  23. O armário do João-de-Barro. Christina Dias. Ed. DCL.
  24.  Viva eu, viva tu, viva o rabo do tatu! Lenice Gomes. Ed. Cortez.
  25.  Tom. André Neves. Ed. Projeto.
  26. Em briga de irmão quem dá opinião? Luciano Pontes. Ed. FTD.
  27. O gato no escuro. Mia Couto. Ed. Companhia das Letrinhas.
  28.  Lino. André Neves. Ed. Callis.
Cds:

1.    Cantigas de Ninar Vento. Gláucia de Souza, Cristina Biazetto e Jorge Hermann. Paulus.
2.    Jogos de inventar, cantar e dançar. Viviane Juguero e Monika Papescu. Libretos.
3.    Só pra te contar. Nana Toledo.(disponível no site: www.nanatoledo.com)

Oficina na Livraria Paulinas - Porto Alegre/ Alguns momentos especiais...
















Foi com grande alegria que compartilhei o meu trabalho com os participantes da Oficina da Livraria Paulinas, de Porto Alegre. A magia da biblioteca espalhou um brilho no olhar sedento de todos. Aquela sede bonita de ver. Sede por histórias! Sede por ideias! 

A magia da Biblioteca Escolar - Literatura e suas várias possibilidades

Abaixo algumas sugestões dadas na Oficina que ministrei nos dias 13 e 14 de setembro de 2013, na Livraria Paulinas - POA. O trabalho apresentado foi desenvolvido de 2009 a 2012 na Biblioteca Escolar da EMEF João Baptista Jaeger - Novo Hamburgo. O foco central do projeto é a contação de histórias.