sábado, 25 de janeiro de 2014

Valentina



O céu amanheceu pintado de flores.
Dálias e camélias a voar entre as nuvens.
Uma dança fantástica.
Um ballet de cores.
O gato malhado do telhado olhou para cima e se encantou.
Pulou, tentou alcançar a lua.
Pegar uma estrela perdida da noite.
Mas o céu era longe para o gato.
E continuou a mostrar do que era capaz.
A menina acordou e abriu a janela do seu quarto.
O céu estava pintado de cor de rosa.
Como no sonho da menina.
O gato do telhado, devagar, chegou perto da dela.
Roçou seus pelos nos braços da menina.
A menina viu então as flores a cair.
Eram rosas, margaridas, crisântemos, hibiscos.
Apenas esticou-se um pouquinho e quando viu estava ela e seu gato a voar entre as flores.
E que magia estava por lá. Que a fazia viajar por tantos lugares, sem parecer sair do lugar.
A mamãe gritou na cozinha:
- O café está na mesa Valentina!
Ela então apareceu com o vestido todo pintado de flores e um sorriso cor de rosa reluzente como uma estrela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário