sábado, 13 de julho de 2013

Histórias da Princesa



Histórias da Princesa
Por Milene Barazzetti
- Lilith, acorde!  – disse Princesa, colocando sua pata na cabeça da bichana.
- Agora! Agora mesmo! Tem certeza! Mamãe já dormiu?– respondeu a gata com os olhos extasiados olhando para a outra gata.
- Sem pressa Lilith! Sem pressa! Já te disse que você não precisa ficar tão animada como um cachorro.
- Que história vai ler hoje? –pergunta Lilith curiosa.
Princesa, como fazia todas as noites, quando Luíza dormia, pegava o seu livro predileto para ler. Depois ia para janela contar a história para os outros gatos. O livro era Alice no País das Maravilhas. Gostava da história principalmente por causa do Gato que aparece e desaparece. Queria na verdade ser como ele.
Enquanto Princesa lia, Lilith corria pelo apartamento e pegava outros livros para olhar as ilustrações. A gata preta tinha preferência pelos livros com ilustrações coloridas e vistosas.
Quando Luíza acordava, sempre encontrava um livro no sofá ou até pelo chão. Como estava sempre correndo, acreditava que ela mesma tinha esquecido por ali. Mas, ultimamente, começou a achar que suas gatas poderiam estar carregando os seus livros, como faziam com os brinquedos. Principalmente depois do que os vizinhos lhe contaram. E também por conta de alguns sonhos que havia tido ultimamente.
Os vizinhos vieram com uma baboseira de que a certa hora da noite juntavam-se em volta de seu apartamento uma porção de gatos, de todos os tipos. Ficavam parados todos debaixo da janela, olhando princesa que miava sem parar, numa espécie de sinfonia. Na verdade os vizinhos não estavam reclamando não, por mais incrível que pareça. O som era bonito de se ouvir, diziam eles.
- Lilith e Princesa o que vocês duas andam aprontando quando eu estou dormindo? – perguntou Letícia olhando e rindo para as duas, achando tudo aquilo uma piada.
Os dias foram passando e Letícia começou a ficar intrigada, pois continuava sempre encontrando o livro da “Alice” sobre o sofá e alguns outros pelo chão. Com certeza não era ela que fazia aquilo. Não era tão bagunceira. Em uma dessas noites, Luíza acabou adormecendo no sofá e sonhou com Lilith e Princesa.
- Letícia, vou te contar uma história – dizia Princesa no sonho. - Era uma vez uma menina que se chamava Alice. Ela acabou encontrando o País das Maravilhas porque foi atrás de um coelho que estava sempre atrasado. Tinha um gato neste lugar que desaparecia e aparecia onde queria. Eu queria ser assim. Para poder estar com você sempre.
- Não inventa moda Princesa. Conta a história direito. – interrompe Lilith. – Quero ouvir sobre o desaniversário.
- Nós também!! Miauuu! Miauuu!! – responderam os gatos que estavam lá fora na janela.
Neste momento Lilith pulou em Letícia que acordou com o susto.
- O quê? Lilith? Princesa? – Letícia
 então viu Princesa saindo da janela. A gata tinha acabado de pular também em seu colo.
Aí não conseguiu olhar pela janela. Teria visto gatos correndo para todos os lados.
Ficou pensativa. Será que dormiu e sonhou ou realmente sua gata andava contando histórias?

Nenhum comentário:

Postar um comentário